[ editar artigo]

Smart Governance: Assembleia de Sócios Inteligente

Smart Governance: Assembleia de Sócios Inteligente

Os Smart Contracts, contratos inteligentes auto executáveis, permitem que duas partes que não se conheçam façam, entre si, negócios de alto nível e complexidade pela internet, sem a necessidade de um intermediário, como bancos ou cartórios - tema abordado no livro ''Governança & Nova Economia'' e também no artigo ''Blockchain é a nova Governança''.

Essa assembleia inteligente já é possível! O especialista Jeff Prestes e a Head of Legal Tech, Camila Rioja, criaram um projeto de smart contract para registro de votação de assembléias de sócios de uma empresa S/A e também de condomínios.

A tecnologia permite que presidentes de assembleia, secretários e os "votantes" (acionistas, cotistas, condôminos, membros e representantes) possam registrar a convocação, definir a data de início e fim da votação, recebimento das propostas ou matérias a serem apreciadas, além dos próprios processos de votação e apuração que podem ser feitos de forma remota e segura.

O projeto está disponível no Github onde há o link para o contrato já registrado na rede de teste do Ethereum (plataforma descentralizada capaz de executar contratos inteligentes e aplicações descentralizadas usando a blockchain).

A dinâmica do contrato já está pronta e quem tiver a carteira para Ethereum instalado no seu navegador pode interagir com ele via Etherscan (blockchain explorer que permite analisar transações na plataforma Ethereum).

Em um mundo de riscos reputacionais e hiperexposição, os smart contracts tornam possível, por exemplo, avaliar a quantidade e a qualidade de decisões tomadas e seu impacto na valorização de longo prazo, bem como avaliar quem são os melhores tomadores de decisão para cada área/assunto/fórum e até automatizar a tomada de decisões com inteligência artificial. Blockchains descentralizarão processos de tomada de decisão coletiva: novos tipos de estruturas e jogos de poder permitirão novos formatos e incentivos para uma tomada de decisão coletiva baseada no consenso entre os participantes.

Bem vindo a era “Smart Governance” !

Anderson Godzikowski

Governança & Nova Economia
Governança & Nova Economia
Governança & Nova Economia Seguir

Governança & Nova Economia

Ler matéria completa
Indicados para você