[ editar artigo]

Se dados são o novo petróleo, a nova lei de proteção nos leva ao novo “verde”?

Se dados são o novo petróleo, a nova lei de proteção nos leva ao novo “verde”?

Veja o post publicado hoje dentro do Boletim Diário do Linkedin.

Você concorda?

“Finalmente, há ordem no caos da coleta de dados. Após um ano de escândalos, a implementação da lei de proteção de Dados na Europa e do surgimento de legislações semelhantes em outras jurisdições, a publicidade se distanciará da coleta de dados pessoais e da personalização extrema, prevê Mihael Mikek, fundador e CEO da plataforma de publicidade digital Celtra. “A questão se resumirá a: os dados estão sendo usados de uma maneira que beneficia ou não o consumidor?”, explica ele. “Nos últimos cinco anos, observamos uma corrida insana para coletar o máximo possível de dados.” Os anunciantes seguirão os consumidores, que exigirão um uso dos seus dados mais ético e conforme seus consentimentos.”

Neste link mais infos sobre a legislação no Brasil que teve a edição da MP 869 em 27/12/2018, que alterou alguns pontos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), principalmente sua data de entrada em vigor que passa a ser Agosto de 2020.

https://m.migalhas.com.br/quentes/293571/medida-provisoria-cria-autoridade-nacional-de-protecao-de-dados

 


Anderson Godz, Curador da Comunidade e Autor do Livro Governança & Nova Economia. Investidor, Advisor, Conselheiro de Administração pela FDC, IBGC e Mestre em Governança Corporativa e Sustentabilidade. Criador do Board Canvas e do MasterClass G&NE, o mais inovador programa brasileiro de governança para a nova economia. 

Participe dos próximos eventos da Comunidade! 

Governança & Nova Economia
Ler matéria completa
Indicados para você